Visão Geral

Esta seção é assim chamada porque se alinha com guias que são freqüentemente referidos como "Bodies of Knowledge". O objetivo é definir os blocos de construção da disciplina de gestão P3 e se baseia no conceito de uma análise funcional. As funções descritas nesta seção são divididas entre contexto e gestão.

As funções contextuais não são diretamente responsáveis por alcançar os objetivos do projeto, programa ou portfólio, mas fazem parte do contexto que apoia esse esforço.

As funções de gestão são as que são aplicadas na conclusão de projetos, programas e portfólios.

Um conceito chave do Praxis é que as linhas divisórias entre projetos, programas e portfólios são indefinidas. Alguns empreendimentos apresentarão características de todos os três. O princípio subjacente é que os termos projeto, programa e portfólio simplesmente representam pontos em um linha contínua que é pautada pela complexidade do trabalho sendo gerenciado.

Portanto, sempre que apropriado, uma função é descrita em termos de sua aplicação geral e depois por sua adaptação à complexidade crescente.

A seção de conhecimento se integra a todas as outras seções do Praxis. Cada função descreve os procedimentos, ferramentas e técnicas que podem ser utilizadas nos processos de gestão. Em troca, a seção de métodos fornece uma estrutura para o uso das funções dentro do ciclo de vida.

 

 

As funções de gestão também fornecem a estrutura e os objetivos específicos para o aspecto relacionados à capacidade da maturidade. Os procedimentos descritos em cada função são usados como base para definir diferentes níveis de capacidade e os atributos descritos no modelo de maturidade fornecem referências para a implementação organizacional da função.

Os objetivos e procedimentos descritos nas funções formam a base do conhecimento e dos critérios de desempenho listados para cada competência. Em troca, etes fornecem referências para o desempenho individual da função.

SHARE THIS PAGE
No history has been recorded.

Visão Geral

Voltar para o topo