Deontologia

A deontologia reúne os princípios morais que governam o comportamento de alguém ou a forma como ele executa uma atividade. Pode-se dizer que o comportamento ético é a pedra angular da competência em um ambiente profissional. Por essa razão, a maioria das classes profissionais tem um código de conduta ao qual todos os membros devem se comprometer a aderir.

No contexto do Praxis, os objetivos da deontologia são os seguintes:

  • incentivar o comportamento ético nos praticantes da disciplina P3M;
  • elevar os padrões de profissionalismo  pelos quais os gerentes P3 são julgados e assim elevar o status da profissão.

Um dos problemas inerentes ao comportamento ético é que ele é subjetivo. O que é considerado moral e ético em uma cultura não é o mesmo que o que é considerado moral e ético em outra. Além dos códigos de conduta profissionais, existem algumas exigências legais em diferentes jurisdições, por exemplo, o Bribery Act no Reino Unido.

Um gerente P3 precisa compreender os valores morais de diferentes partes interessadas, bem como as leis nacionais e internacionais relevantes. Algumas vezes, diferentes conjuntos de diretrizes podem entrar em conflito. Embora a legislação tenha claramente precedentes, um gerente P3 também deve estar ciente de onde os códigos profissionais e códigos de empresas podem diferir. Se um profissional acredita que existem conflitos ou diferenças nos vários códigos, então deve-se procurar conselho ou orientação de uma autoridade relevante.

Comportar-se eticamente não se trata apenas de seguir as diretrizes e cumprir com a lei. Ela permeia todas as competências da gestão P3. Conexões óbvias podem ser feitas em áreas como Influenciar e Negociação, onde alguém perderá muito rapidamente a confiança e o respeito se for visto agindo de forma antiética.

A necessidade de comportamento ético não se limita ao gerente, e os valores ou código de conduta de um projeto, programa ou portfólio devem ser claramente articulados, compreendidos e mantidos por todos. Isto pode ser alcançado através de treinamento, orientação específica e validação.

Não são apenas os processos de gestão que precisam ser considerados. O gerente P3 também deve estar ciente do impacto dos produtos, resultados e benefícios do trabalho. Um bom exemplo disto é o foco na sustentabilidade ambiental em todos os aspectos da entrega do projeto, programa ou portfólio.

Com a sociedade em geral exigindo cada vez mais transparência e esperando que os profissionais se comportem de forma ética, o gerente P3 precisa ser capaz de tomar e explicar decisões éticas de uma forma que mantenha o compromisso de todos os interessados.

SHARE THIS PAGE
26th September 2014References to sustainability added
24th August 2015Link to Italian translation added

Deontologia

Voltar para o topo