Gestão integrada

Os tópicos desta seção não abordam diretamente os componentes fundamentais da entrega, ou seja, escopo, cronograma, custo, risco, mudança e recurso. São funções integradoras que atuam sobre esses componentes.

Os objetivos gerais das funções de gestão integrada são

  • planejar todos os aspectos do trabalho;
  • desenvolver e manter a justificativa para o trabalho
  • monitorar e controlar o desempenho;
  • garantir informações precisas, atuais e acessíveis;
  • estabelecer e manter uma equipe de gestão;
  • identificar as pessoas afetadas pelo trabalho e estabelecer uma boa comunicação com elas;
  • garantir que a gestão do trabalho seja relevante e eficaz

 

 

Cada função integrativa reúne aspectos dos componentes fundamentais da entrega.

A função de planejamento tem dois propósitos. Em primeiro lugar, ela estabelece as políticas para a gestão dos componentes fundamentais. Em segundo lugar, define e estima o que precisa ser feito, como deve ser feito e quando deve ser feito. Cada procedimento de entrega tem um "plano" explícito, mas o replanejamento está implícito em todo o processo.

A função controle toma os resultados do planejamento como uma linha de base e rastreia o que realmente acontece contra o que foi planejado para acontecer. Os métodos de controle são normalmente focados em lidar com desvios do plano e tentar voltar ao plano. Entretanto, o controle também envolve avaliar se o trabalho que não é mais justificável deve ser encerrado.

O controle está implícito nas etapas específicas de cada procedimento de entrega.
As funções de planejamento e controle criam uma grande quantidade de informações que cobrem o conteúdo e a governança do trabalho. Isto precisa ser criado, atualizado e comunicado efetivamente para o planejamento e controle do trabalho através de uma gestão da informação formal.

O caso de negócio é o documento chave para projetos e programas. Ele documenta porque eles valem o investimento. A preparação de um caso de negócio requer o resumo e a integração de informações de todos os componentes fundamentais.

Há muitas pessoas envolvidas em um projeto, programa ou portfólio, e enquanto algumas estão diretamente envolvidas na gestão ou execução do trabalho, outras são simplesmente afetadas por ele. A gestão da organização descreve a composição, as funções e as responsabilidades da equipe de gestão, enquanto a gestão das partes interessadas explica como as pessoas que estão envolvidas ou afetadas pelo trabalho de alguma forma devem ser identificadas e engajadas.

Como parte do papel de patronagem, um patrono tem que garantir que o trabalho está sendo gerenciado de acordo com as políticas e procedimentos estabelecidos quando o trabalho foi aprovado. Isto é conseguido através da validação.

SHARE THIS PAGE
No history has been recorded.

Gestão integrada

Voltar para o topo