Programação com recursos limitados

A programação com recursos limitados é baseada em uma análise do caminho crítico que programa as atividades de acordo com a disponibilidade de recursos.

O Diagrama abaixo mostra um Gráfico de Gantt e um histograma de recursos. O limite de recursos indica o número de recursos disponíveis e a data de conclusão do 'projeto' é calculada pela análise do caminho crítico. A área vermelha indica o período durante o qual a demanda excede a oferta.

 

 

A programação com recursos limitados compreende duas abordagens: o nivelamento de recursos e a suavização de recursos.

O nivelamento de recursos programa atividades para que não haja sobrecarga de recursos. Isto resulta quase invariavelmente em uma data posterior de conclusão do projeto.

A suavização de recursos pressupõe que a data de término calculada pela análise do caminho crítico não pode ser alterada. Isto significa que nenhuma atividade pode ser atrasada por mais do que sua folga total. O histograma de recursos é "suavizado" tanto quanto possível, mas algumas sobrecargas permanecem.

Nos diagramas abaixo, as barras sem preenchimento indicam os resultados da análise do caminho crítico e as barras preenchidas indicam o tempo das atividades após a programação com recursos limitados.

No primeiro diagrama, a Atividade B foi atrasada para não mais entrar em conflito com A. A Atividade D também foi atrasada e isso resultou em um atraso até a data de conclusão.

No segundo diagrama, a Atividade B foi atrasada a fim de ocupar parte da capacidade ociosa. Por não ter sido adiada além da folga disponível, não afetou a data de término , embora tenha resultado no atraso da Atividade D. Ainda há alguma sobrecarga, mas menos do que antes.

 

 

Este exemplo usa apenas uma opção de programação, ou seja, a de atrasar as atividades. Existem muitas outras opções e estas são disponíveis, em maior ou menor grau, por diferentes softwares de programação de cronograma.

As opções para manipular as atividades são:

  • Atrasar uma atividade dentro de sua margem de folga para um período em que os recursos estejam disponíveis (o único atraso admissível na suavização de recursos).
  • Esticar uma atividade para utilizar os recursos a uma taxa menor.
  • Comprimir uma atividade para utilizar os recursos a uma taxa mais elevada.
  • Alterar o perfil de utilização dos recursos ao longo da duração da atividade.
  • Atrasar uma atividade além de sua folga e estender o projeto (isto só é permitido no nivelamento de recursos).
  • Dividir uma atividade de modo que as atividades menores resultantes possam fazer uso de pequenos intervalos de recursos disponíveis.
  • Alterar a lógica da rede para permitir que as atividades sejam iniciadas mais cedo.

As opções para manipulação de recursos são:

  • Recrutar mais recursos
  • Fornecer treinamento para desenvolver múltiplas habilidades
  • Empregar métodos de trabalho alternativos (menos intensivos em mão-de-obra)
  • Trabalhar horas extras

Na prática, a melhor solução é provavelmente uma combinação de uma série de ações. Talvez seja aceitável adiar a conclusão por alguns dias, ter duas pessoas trabalhando alguns sábados, comprimir uma atividade por dois ou três dias e assim por diante.

Deve-se tomar cuidado ao usar softwares para programação de cronogramas com recursos limitados. Os algoritmos sofisticados farão muitas mudanças no cronograma de um projeto que nem sempre são fáceis de seguir, especialmente quando múltiplos recursos estão sendo programados simultaneamente.

Muitas vezes é benéfico usar a programação com recursos limitados como uma abordagem de "E SE" associada a uma análise de sensibilidade, em vez de um meio de produzir um cronograma definitivo do projeto (ver artigo 'Análise de sensibilidade na programação de recursos')

SHARE THIS PAGE

29th August 2014Link to Italian page added
6th March 2015Diagram 1 corrected (previously the same as diagram 2)

Programação com recursos limitados

Voltar para o topo