Nonaka eTakeuchi

Ikujiro Nonaka e Hirotaka Takeuchi expuseram seu modelo em espiral de gestão do conhecimento em 19951.

Às vezes conhecido como o "modelo SECI", ele aborda as ligações entre conhecimento tácito e explícito e ilustra como o conhecimento é expandido e aprimorado através do processo de conversão de conhecimento tácito em conhecimento explícito e vice-versa.

 

 

  • Socialização
  • O conhecimento tácito é mantido por indivíduos e é constantemente aprimorado por suas experiências. A socialização é sobre a partilha de conhecimentos tácitos através da comunicação e da experiência compartilhada. Isto deve acontecer toda vez que uma equipe de gestão P3 se reúne e é também um fator chave no relacionamento entre o gerente e o patrono.

  • Fora do gerenciamento normal do dia-a-dia de projetos e programas individuais, uma organização pode promover o processo de compartilhar informações táticas através de comunidades de prática ou apoio ao coaching e mentoria.

  • Externalização
  • O conhecimento tácito é convertido em conhecimento explícito através do desenvolvimento de modelos e da descrição de conceitos. Com efeito, isto é o que a Praxis e outros guias fazem ao documentar o conhecimento tácito de forma física e legível. Este conhecimento explícito e às vezes teórico forma uma base para a criação de novos conhecimentos.

  • Combinação
  • Quando o conhecimento é explícito, ele pode ser combinado. Mais uma vez, o Praxis é um bom exemplo desta combinação. Ele tira conhecimento explícito de uma variedade de fontes publicadas, incluindo conjuntos de conhecimentos, metodologias, competências sobre gestão de projetos, modelos de maturidade e capacidade e os combina em algo que se espera que seja maior do que a soma de suas partes.

  • Internalização
  • Isto ocorre quando o indivíduo compreende o conhecimento explícito e este se torna parte de seu comportamento normal. Isso constrói a capacidade do indivíduo de desenvolver novos conhecimentos tácitos que depois retornam ao princípio da socialização.

 

A espiral no modelo indica que cada vez que o conhecimento contorna este loop, ele é expandido e aprimorado. Isto incorpora o princípio da Praxis como uma abordagem aberta que evolui através de contribuições da comunidade P3M.

 

  1. Nonaka, I; Takeuchi, H (1995), The knowledge creating company: how Japanese companies create the dynamics of innovation, Oxford University Press, New York
SHARE THIS PAGE
No history has been recorded.

Nonaka eTakeuchi

Voltar para o topo