Relatórios RAG

RAG é um acrônimo para Red, Amber, Green e é uma forma de relatório onde as informações mensuráveis são classificadas por cor. Para cada cor há alguma ação pré-determinada. Isto geralmente constitui uma escalada para um nível mais alto de gestão.

Por exemplo, se marcos estão sendo rastreados e o último cronograma indica que um marco está dentro de ±2 semanas do plano de base, então ele pode ser considerado verde. Se estiver entre ±2 e ±4 semanas da linha de base, é âmbar e se estiver a mais de ±4 semanas da linha de base, é vermelho.

 

 

Na criação de relatórios RAG há três aspectos que precisam ser decididos (e geralmente estabelecidos em um plano de gestão do controle):

  • O que será monitorado?
  • Que medidas devem ser tomadas em cada caso?
  • Quais são os limiares para verde, âmbar e vermelho?
 

O que será monitorado?

Qualquer quantidade pode ser rastreada desta forma. O segredo é selecionar indicadores chave que sejam apropriados ao contexto do trabalho. Por exemplo, um marco no cronograma é aplicável a qualquer grau de complexidade do trabalho, mas algo baseado no índice de desempenho do cronograma (IDCR) da gestão do valor agregado só seria apropriado para projetos mais complexos com mecanismos sofisticados de comunicação.

 

Que medidas devem ser tomadas em cada caso?

O plano de gestão de controle pode estabelecer diretrizes como, por exemplo

  • Verde (G): o projeto está no alvo e nenhuma escalada é exigida pela equipe de gestão.

  • Âmbar (A - em direção ao vermelho): o projeto está se desviando do alvo e a equipe de gestão deve notificar o patrono na próxima oportunidade.

  • Âmbar (A - em direção ao verde): o projeto está voltando ao alvo e a equipe de gestão deve notificar o patrono no próximo relatório de progresso.

  • Vermelho (R): O patrono deve ser notificado imediatamente com recomendações de ações corretivas.

Estas diretrizes devem ser vistas como indicativas e devem ser complementadas com a interpretação especializada de cada situação individual pela equipe de gestão. Esta abordagem também pode ser usada como parte da  avaliação de probabilidade-impacto de eventos de risco.

 

Quais são os limiares para verde, âmbar e vermelho?

Estes serão definidos de acordo com inúmeros fatores possíveis, incluindo:

  • sensibilidade do indicador que está sendo monitorado;
  • experiência relativa e perícia do gerente P3;
  • a importância do projeto ou programa para a empresa.

Os limiares superior e inferior não precisam ser igualmente espaçados a partir da linha de base. Normalmente, o limiar de progresso que está atrasado ou abaixo da meta será mais apertado do que o limiar de progresso que está adiantado ou acima da meta.

SHARE THIS PAGE

29th August 2014Link to Italian page added

Relatórios RAG

Voltar para o topo