Tripla restrição

A tripla restrição é uma das verdades fundamentais da Gestão P3. Também conhecido como o "triângulo de ferro", ele tem gerado muitas variações, mas estas muitas vezes diluem o impacto do original.

Em sua forma mais simples, o triângulo mostra a relação entre os objetivos do trabalho (escopo), o tempo necessário para produzí-los e quanto custará para concluir o trabalho.

O significado do triângulo é que ele é a forma geométrica mais estável e enfatiza que qualquer tentativa de fazer mudanças em um canto do triângulo terá um impacto imediato sobre os outros dois.

Este não é um conceito novo. Há mais de 150 anos, disse John Ruskin:

"A lei básica do equilíbrio comercial proíbe pagar pouco e receber muito - não pode ser feito".

A beleza do triângulo é que ilustra isto e outras conexões de maneira muito simples. Se você aumentar o escopo, levará mais tempo e custará mais; se você restringir o orçamento, terá que se contentar com um escopo menor; restringir o prazo aumentará os custos.

Embora estas relações sejam de senso comum, elas são frequentemente negligenciadas em uma "conspiração otimisma" durante a gestão de requisitos e o planejamento. Um dos aborrecimentos do planejamento detalhado é que muitas vezes ele diz aos interessados o que eles não queriam saber, ou seja, "você não pode ter esse resultado até lá se é tudo o que você está preparado para pagar". Isto é simplesmente uma consequência da tripla restrição.

Os princípios da tripla restrição, uma vez que afetam um projeto ou programa, devem ser estabelecidos no início do ciclo de vida. Os projetos e programas terão diferentes graus de sensibilidade às mudanças em uma das três restrições. Organizações mais maduras irão entender isso e podem muito bem documentá-la no caso de negócio.

As funções de entrega do Praxis abordam estas três restrições na gestão de escopo, na  gestão do cronograma e na gestão financeira, mas a Praxis também identifica três outros "componentes fundamentais" de entrega: risco, mudança e recurso.

Em vez de estender o modelo para se tornar um hexágono ou triângulo sobreposto, é melhor entender a relação entre os três primeiros e os três segundos componentes.

A mudança está relacionada principalmente ao escopo. Ela é necessária para a obtenção de benefícios e afetará o tempo e o custo através dessa relação.

A gestão de mudanças procurará alcançar as mudanças necessárias dentro das restrições de tempo e custo.

O risco está relacionado aos três cantos do triângulo e a gestão de risco deve avaliar como qualquer evento de risco específico terá impacto em cada um dos três cantos.

O recurso está mais diretamente relacionado ao tempo e ao custo, e a gestão de recursos se preocupa com a obtenção de recursos que possam realizar o trabalho necessário em tempo hábil e a um custo aceitável.

SHARE THIS PAGE

2nd September 2014Link to Italian page added

Tripla restrição

Voltar para o topo