Tannenbaum e Schmidt

Robert Tannenbaum e Warren Schmidt publicaram pela primeira vez suas opiniões sobre estilos de liderança em 19581 e atualizaram seu modelo em 19732.

O modelo se concentra na delegação de autoridade de um gerente para a equipe. O modelo original de 1958 é mostrado abaixo e enquanto os termos 'subordinados' e 'superiores' reflete sua idade, os princípios se mantêm verdadeiros.

 

 

O modelo mostra uma continuidade a partir de uma situação em que o gerente mantém toda autoridade, dita quais tarefas precisam ser feitas e quando. Ela avança através de várias fases de cada vez maior consulta e delegação a uma em que o gerente delega à equipe a maior parte da autoridade.

Muitos usam este modelo para ilustrar a relação em desenvolvimento entre um gerente e a equipe, e ressoa com modelos de liderança e trabalho em equipe tais como Hersey & Blanchard e Tuckman.

Mas no contexto estreito da necessidade do gerente P3 de delegar autoridade, é preciso olhar para ele de maneira um pouco diferente.

Às vezes é vantajoso para o gerente desenvolver uma equipe, encorajando-os a tomar decisões e aceitar a autoridade para essas decisões. Também pode ser necessário que o gerente simplesmente defina uma tarefa e a atribua a uma equipe, embora com objetivos bem comunicados e baseados em SMART.

O valor em estudar este modelo para um gerente P3 está em compreender a continuidade e selecionar o nível certo de autoridade delegada em diferentes contextos.

 

  1. Tannenbaum, R. & Schmidt, W., How to Choose a Leadership Pattern, Harvard Business Review March-April (1958)
  2. Tannenbaum, R. & Schmidt, W, How to Choose a Leadership Pattern, Harvard Business Review May-June (1973)
SHARE THIS PAGE

2nd September 2014Link to Italian page added

Tannenbaum e Schmidt

Voltar para o topo