Maccoby e Scudder

Em seu livro "Leading in the heat of conflict"1, Michael Maccoby e Tim Scudder identificam um processo de cinco etapas para a  gestão de conflitos. Suas atividades componentes têm muitos paralelos na gestão P3.

 

 


Antecipar é quase sinônimo de planejamento e os gerentes P3 passam muito tempo planejando. Durante o processo de identificação e definição muito tempo é gasto na tentativa de antecipar potenciais fontes de conflito e eliminá-las ou reduzi-las. Isto deve, espera-se, reduzir a incidência de conflitos, conforme identificado por Thamhain e Wilemon.

Funções como gestão de requisitos e gestão de partes interessadas peneiram muitas fontes potenciais de conflito e desenvolvem planos para lidar com as remanescentes. A gestão de risco também é uma função chave aqui, pois também identificará fontes potenciais de conflito e desenvolverá uma gama de respostas. Tudo isso contribui para a atividade de prevenir do Maccoby e Scudder.

Nenhum planejamento removerá todas as fontes de conflito e a equipe de gestão deve usar tanto técnicas de controle quanto empatia para identificar conflitos óbvios, humanos, técnicos e sutis, emergentes.

A gestão de conflitos baseia-se em princípios como os de Furlong e habilidades como comunicação, negociação e influência no contexto do estilo pessoal de um gerente, identificado pelo modelo Thomas-Kilmann.

A resolução deve envolver a confirmação do que foi acordado com todas as partes e a atualização dos planos futuros para refletir a solução.

Com efeito, o procedimento de Maccoby e Scudder está implícito em muitas das funções e processos da gestão P3.

 

  1. Maccoby, M., & Scudder, T. (2011). Leading in the heat of conflict
SHARE THIS PAGE
No history has been recorded.

Maccoby e Scudder

Voltar para o topo