Organização matricial

A organização matricial recebe seu nome do fato de que os projetos e programas cruzam os departamentos das operações correntes para formar uma matriz. Nas intersecções da matriz estão os funcionários que constituem os recursos de ambos os projetos, programas e operações correntes.

 

 

A autoridade sobre os recursos é compartilhada entre os departamentos e os projetos ou programas. Às vezes isso é tendencioso em relação ao projeto ou programa; outras vezes é tendencioso em relação ao departamento.

 

 

Em termos gerais, existem três tipos de organização matricial: fraca, equilibrada e forte. Estes se aplicam principalmente a projetos onde os recursos do departamento compõem a equipe de entrega, mas os mesmos princípios podem se aplicar às equipes de gerenciamento de projetos e programas.

 

Matriz fraca

Em uma matriz fraca, o projeto é coordenado em todos os departamentos pelas pessoas que trabalham no projeto. Pode haver líderes de projeto dentro de cada departamento que trabalham juntos, mas os limites do departamento ainda estão em evidência. Os indivíduos ainda se reportam exclusivamente aos seus chefes de departamento. Isto não é muito melhor para o projeto do que a organização puramente departamental, pois ainda não há um gerente de projeto e, portanto, nenhum ponto central de responsabilidade para o projeto.

 

 

Matriz equilibrada

Em uma matriz equilibrada, um gerente de projeto é nomeado de dentro de um departamento que fornece um único ponto claro de responsabilidade.

 

 

Isto deve resolver problemas de coordenação entre departamentos, mas ainda há conflitos potenciais de lealdade.

Na matriz equilibrada, de onde vem o gerente de projeto? Se ele ou ela é nomeado de dentro das fileiras de um departamento, onde estão as lealdades, com as necessidades do projeto ou as necessidades do departamento? Estes irão inevitavelmente entrar em conflito em algum momento.

Um gerente de projeto deve ser responsável pelo sucesso do projeto. Mas se ele ou ela não tem autoridade e controle sobre os recursos que trabalham no projeto, como eles realmente podem ser responsabilizados? A responsabilidade sem autoridade é uma receita para gerentes de projetos estressados e projetos fracassados.

Matriz forte

Nesta abordagem, os gerentes de projeto são retirados da estrutura departamental e se reportam a um chefe de projetos, possivelmente um Diretor de Projetos ou gerente de um Escritório de Gerenciamento de Projeto (PMO). Os recursos de cada departamento são atribuídos aos projetos e a autoridade para eles é compartilhada entre o gerente do projeto e o chefe departamental.

Os membros da equipe serão destacados para o projeto por um período de tempo acordado e poderão passar fisicamente de seu departamento para uma equipe de projeto co-localizada. Isto levanta questões de encorajamento na equipe do projeto e desmobilização (integração de volta  ao departamento) quando o projeto (ou seu envolvimento no mesmo) é concluído.

 

 

Em uma matriz forte, a empresa tem que manter uma linha totalmente nova de hierarquia. Os chefes de departamento podem se sentir desligados dos projetos e não lhes dar seu total apoio, que é onde a efetiva patronagem se torna realmente importante.

SHARE THIS PAGE

13th August 2014Add link to Italian translation

Organização matricial

Voltar para o topo